IFRRU 2020 atinge 500 M€ de investimento em Reabilitação Urbana

IFRRU 2020 – Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas, atingiu os 500 milhões de euros de investimento, com 164 projetos contratualizados para a reabilitação integral de edifícios e melhoria do seu desempenho energético.

Após a reabilitação, 70 destes edifícios terão uso habitacional, 86 serão destinados a atividades económicas e os restantes 8 a equipamentos de utilização coletiva e na área social.

A maioria dos projetos (125) é promovida por empresas e os restantes por particulares, IPSS e Câmaras Municipais.

Este investimento vai permitir reabilitar 770 habitações, fixar 995 novos residentes e obter uma redução anual do consumo energético após a reabilitação comparável ao consumo de três anos de um grande hospital público, promovendo assim uma reabilitação urbana sustentável.

A reabilitação dos edifícios vai ainda criar 2684 postos de trabalho.

Os projetos em execução localizam-se nas Áreas de Reabilitação Urbana, delineadas pelos respetivos Municípios, garantindo-se, assim, o seu alinhamento com a política urbana local, sendo já 57 os Municípios das várias regiões do país com Financiamentos IFRRU 2020.

PROMOVER UM CRESCIMENTO INTELIGENTE, INCLUSIVO E SUSTENTÁVEL DAS CIDADES DO FUTURO

IFRRU 2020 é o maior programa de incentivo à reabilitação urbana lançado em Portugal e tem uma capacidade de financiamento de 1.400 milhões de euros, proporcionando as melhores condições para todos os que pretendam investir na reabilitação do edificado urbano.

IFRRU 2020 reúne num único instrumento financeiro diversas fontes de financiamento, quer Fundos Europeus Estruturais e de Investimento do Portugal 2020, neste caso FEDER e Fundo de Coesão, quer outras, como o Banco Europeu de Investimento (BEI) e o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa (CEB), com vista à otimização e maximização dos recursos financeiros destinados a apoiar a reabilitação e revitalização urbanas no território nacional.

Através do IFRRU 2020 são disponibilizados produtos financeiros, com condições mais vantajosas face às praticadas no mercado, vocacionados especificamente para apoiar a reabilitação urbana e, complementarmente, a eficiência energética na habitação.

Pretende-se financiar a reabilitação integral de edifícios, situados em áreas de reabilitação urbana, com o objetivo de promover a fixação de pessoas e de atividades económicas, contribuindo, deste modo, para a criação de riqueza e de emprego nessas áreas, numa lógica de urbanismo sustentável, para a diminuição do consumo anual de energia primária na habitação e apoiando, ainda, a reabilitação urbana em comunidades desfavorecidas.

Saiba mais sobre o IFRRU 2020.

Fonte: IFRRU 2020/República Portuguesa

Posted on 21 Novembro, 2019 in Destaques, Feed

Share the Story

Back to Top